16 Ações Para Reinventar Seu E-Commerce

O gerenciamento de um e-commerce envolve lidar com mudanças constantes. A inovação é fundamental para o sucesso a longo prazo.

Qual foi a última vez que você fez algo inovador no seu e-commerce? A inovação envolve correr riscos. É mais do que fazer uma promoção, mudar a cor de um botão ou adicionar uma imagem.

Feita corretamente, a inovação pode resultar em uma grande recompensa. Confira ideias com potencial para reinventar sua empresa. A maioria envolve investir em desenvolvimento, ferramentas, design ou suporte.

 

16 ideias para reinventar seu negócio de comércio eletrônico

1 - Faça testes de preços

Considere reduzir e aumentar os preços para testar o impacto nas vendas. Preços baixos fazem sentido para commodities. Para produtos exclusivos, aumentar o preço às vezes os torna mais atraentes para os compradores - especialmente para marcas internas. Teste as variações de preços em termos de volume ou categorias, promoções em determinadas horas do dia ou do dia da semana (geralmente nos dias e horas de calmaria nas vendas).

 

2 - Adicione novas categorias de produtos

Considere categorias de produtos adjacentes que possam atrair novos clientes ou atrair os existentes.

 

3 - Adicione uma nova forma de pagamento 

Você está oferecendo apenas opções de pagamento padrão com cartão de crédito? Considere adicionar absolutamente todas plataformas de pagamento possíveis. E logicamente: pagamento a prazo!

 

4 - Ofereça produtos personalizados

Poucas soluções apresentam maior diferencial competitivo que essa! A personalização de produtos deixou de ser uma tendência há muito tempo, hoje é uma premissa básica.  Oferecer produtos configuráveis adicionam um toque de personalização e exclusividade. Os consumidores geralmente pagam um adicional por itens exclusivos com satisfação.

 

5 - Implemente vendas guiadas 

A maioria dos consumidores não sabe o que quer quando visita uma loja online, por mais que isso pareça improvável. Uma experiência especializada ou de vendas guiadas pode ajudá-los a encontrar os itens certos.

  

6 - Melhore a ferramenta de busca no site

A busca de produtos é ruim em muitas lojas online. Procure alternativas para melhorar os resultados de busca e ofereça melhores opções de filtragem. Observe sua navegação e verifique se ela está estruturada, pois os compradores provavelmente navegam - e não da maneira como você a configura. Isso pode envolver um novo mecanismo de pesquisa otimizado para produtos.

 

7 - Atualize o merchandising

Lance uma nova página de resultados de pesquisa ou lista de categorias que ofereça vários filtros de classificação. Em seguida, coloque um botão "adicionar ao carrinho" ao lado dos itens nessas páginas. Adote inteligência artificial para gerar vendas cruzadas e vendas diretas. Use o aprendizado de máquina de todas as fontes de dados para prever o próximo melhor produto a ser apresentado ao cliente. Isso pode envolver a adição de uma ferramenta de recomendação de produtos ou merchandising. 

 

8 - Simplifique

Melhorar o merchandising não significa confundir os consumidores ou bombardeá-los com opções infinitas. Muitos consumidores não compram porque têm muitas opções. Ofereça dois ou três produtos relevantes em vez de dezenas. 

 

9 - Ofereça aconselhamento especializado 

Adicione uma seção de perguntas e respostas (FAQ) à sua loja on-line para listar consultas comuns de compradores com respostas. Isso gerará conversões, aumentará o tráfego de pesquisa orgânica e ajudará os clientes a fazer escolhas embasadas, o que reduz devoluções.

 

10 - Melhore a experiência do cliente

Você ainda está usando um checkout de quatro etapas? É hora de investir em pesquisas para entender melhor seus compradores. Use a personalização para fornecer conteúdo relevante para a jornada de compra. Agilize seu checkout, removendo obstáculos como ofertas de upsell, assim que um cliente se comprometer a concluir a transação.

 

11 - Visualização do produto 

A realidade aumentada está se tornando um requisito em artigos de decoração, acessórios, tecnologia, vestuário e beleza. Ajude seus compradores a visualizarem um produto no seu contexto.

 

12 - Pós-venda 

É corriqueiro os comerciantes enviarem um e-mail de agradecimento, um cupom de desconto e uma solicitação de avaliação. Encontre novas maneiras de se conectar com seus clientes após a venda. Quanto mais você consultar seus clientes, mais eles compartilharão. Considere serviços diferenciados para seus melhores compradores. 

 

 13 - Construa uma comunidade 

Aproveite as mídias sociais, eventos físicos e virtuais para conectar compradores e produtos. A geração Z (nascidos nos anos 1990 a meados dos anos 2000) está liderando o caminho, pois esses compradores utilizam da influência social e da comunidade para tomar decisões de compra.

  

14 - Design responsivo

Crie sua loja virtual para usuários de smartphones. Em seguida, adapte-o para desktops. Telas pequenas requerem uma reconsideração de tudo - navegação, páginas de produtos, pagamento. Um site responsivo é apenas o começo.

Se a maioria do seu tráfego não vier do celular, talvez seja porque a experiência está falhando. 

 

15 - Ofereça assinaturas 

Há alguns anos as assinaturas de bens tangíveis se concentravam principalmente em itens consumíveis. Agora vemos roupas, alimentos, itens de manutenção, música, arte,vendidos sob assinatura. 

 

16 - Desenvolva um aplicativo nativo

Pode ser um aplicativo de compras, um aplicativo de fidelidade ou um aplicativo para envolver seus clientes e criar uma comunidade.