6 Dicas Essenciais Para Melhorar As Fotos De Seus Produtos

Muitas vezes, o processo de tomada de decisão por trás da compra é exclusivamente baseado no apelo visual. Fotos de qualidade são essenciais para o seu negócio.

As imagens dos produtos são projetadas para servir a um único propósito - captar a atenção dos compradores que navegam em seu site. Seu site de comércio eletrônico deve ter como objetivo despertar emoções positivas nos visitantes, e navegadores felizes têm uma chance muito maior de se converterem em compradores. A aparência do seu e-commerce diz muito sobre sua marca, o tipo de cliente para o qual você está fazendo marketing e pode dar uma boa indicação sobre o preço de seus produtos.

Aqui estão algumas dicas simples e essenciais para ajudá-lo a obter uma fotografia de produto atraente e profissional.

1. Fundo branco

A maioria das plataformas de comércio eletrônico têm seus produtos em um fundo branco. A razão é simples - minimiza distrações desnecessárias, cria um senso de consistência e torna seu produto o centro das atenções. De uma perspectiva puramente estética, um fundo branco cria um acabamento muito mais limpo e profissional e ajuda os produtos coloridos a realmente se destacar.
Usar um mini estúdio fotográfico portátil ajuda a eliminar sombras e também anula ângulos fora de foco que podem deixar a imagem um pouco dura.
Alguns produtos ficam melhores quando fotografados em seu ambiente natural. Vamos pegar um abajur como exemplo. Uma combinação de fotos sobre um fundo branco, com closes para dar uma ideia de como são os materiais e no contexto de um ambiente doméstico, ajuda o cliente a visualizar como ficará o produto em sua mesa.
Se você não tiver certeza de qual opção resulta em mais vendas para seus clientes, você pode experimentar as duas para determinar qual é a mais eficaz.

 

2. Iluminação

A iluminação é a matéria prima da fotografia. Quando se tira fotos de produtos, a iluminação pode fazer a diferença entre uma boa foto que se converte em vendas e uma ruim que é descartada e esquecida pelos compradores online.
Você pode usar iluminação artificial usando um mini estúdio fotográfico portátil ou um cenário com guarda-chuvas e refletores. O truque é fazer experiências com e sem o flash e descobrir quais opções fornecem os melhores resultados. Em alguns casos, o uso do flash causa um reflexo perturbador (como produtos de vidro), enquanto em outros casos, ele oferece um acabamento perfeito.

 

3. Sombras

Tendo feito o esforço de remover as distrações do fundo, a última coisa que você quer é que a própria sombra do seu produto roube o show.
Se você quiser evitar o encobrimento de sombras nas imagens dos produtos, uma dica profissional é usar um difusor de flash. E, claro, temos uma solução de custo zero: coloque um saco plástico branco sobre o flash para garantir que a fonte de luz, o flash, seja maior do que o produto. A luz será distribuída de maneira mais uniforme, o que resultará em sombras menores e mais suaves.

 

4. Ângulos

Dependendo das especificações do seu produto,pode ser necessário tirar fotos de diferentes ângulos. Isso é algo que você pode testar para determinar quais ângulos obtêm a maior interação de seus clientes.
Mas certifique-se de medir os resultados para entender a quais seus clientes respondem melhor.
Isso ajudará você a decidir qual foto deve ser usada como imagem em destaque.
É altamente provável que as pessoas que você está vendendo nunca tenham visto fisicamente seu produto, por isso é importante fornecer a eles muitos ângulos diferentes e uma descrição abrangente do produto. Adicionar uma opção de zoom ou fotos em close-up também é um ótimo complemento para as fotos do produto.
As fotos em 360 °estão se tornando cada vez mais populares nos e-commerces. Os produtos são colocados em uma mesa giratória, dentro de uma caixa de luz iluminada profissionalmente, e conforme a mesa gira lentamente, as fotos são tiradas de todos os ângulos. As fotos são então transferidas para um software especializado que limpa as imagens quanto a quaisquer imperfeições e, em seguida, as converte em um gráfico de movimento com visão 360º. Isso torna a tarefa de descrições detalhadas do produto menos essenciais.
Por exemplo, se você está vendendo uma TV, seus clientes querem ver se é uma tela plana, quão fina ela é e a gama de diferentes componentes como HDMI, antena e entradas.

5. Descrição

Quando se trata de venda online, tudo está nos detalhes! Quando você tiver o trabalho de tirar várias fotos do produto, precisará fazer o backup com os detalhes do produto. Embora digam que uma imagem vale mais que mil palavras, não faz mal adicionar algumas informações sobre o produto. Se você não tiver certeza do que incluir, verifique produtos semelhantes em alguns dos marketplace mais populares ou compile as perguntas mais frequentes de seus clientes e inclua as respostas na descrição.
Os clientes podem usar as informações do produto para tomar a decisão de comprar ou não. Ao fornecer uma descrição clara você pode esperar uma redução nas consultas de atendimento ao cliente, deixando mais tempo para se concentrar no crescimento do seu negócio.

 

6. Consistência

A consistência é fundamental. Imagine uma coleção de moda: podem ser todas peças de roupa diferentes, porém ter um tema central que une cada roupa é o que torna uma coleção coesa. Da mesma forma, ao enviar várias imagens em sua loja virtual, certifique-se de que elas pareçam parte do mesmo lote, em vez de imagens aleatórias retiradas da Internet.

Evite exibir fotos em muitas formas e tamanhos diferentes, com fundos poluídos ou imagens pixeladas. O objetivo é fazer com que o cliente atribua pensamentos positivos ao visitar seu site e evitar a ativação de pensamentos críticos, o que é um grande impedimento para as vendas.
Os clientes podem sentir imediatamente se você considerou a experiência do comprador e ele levará, sem dúvida, isso em consideração na hora da compra.

Atenha-se a essas dicas  e observe o aumento das conversões de tráfego.