As 10 Estratégias Mais Eficazes Para Aumentar Suas Vendas Online

Você vende online e está com vendas baixas, embora já tenha um fluxo de tráfego muito bom?
Duas razões prováveis: seu tráfego não é suficientemente qualificado e o fluxo de experiência do usuário não converte audiência em clientes.

Neste artigo, vamos resolver este desafio de como aumentar as vendas online, oferecendo 10 estratégias que:

  • Incentivem os clientes a começar a adicionar itens ao carrinho

  • Venda mais para cada cliente e aumente o valor médio do pedido 

  • Retorno de clientes à sua loja para compras repetidas

Vamos então conferir as 10 estratégias que funcionam para aumentar as vendas para lojas online.


1 Vendas Cruzadas


Upsells e vendas cruzadas são responsáveis por uma média de 10-30% da receita de comércio eletrônico e são a arte de vender mais para um mesmo cliente, introduzindo acessórios correspondentes ou upgrades.
Lembrando que:
Upsell = Oferecer alternativas de produtos de valores superiores.
Venda cruzada = oferecer um pacote de itens complementares ao produto comprado.
Ambos são ótimas táticas para aumentar as compras não planejadas e aumentar o valor médio dos pedidos das lojas online.

 

2 Recomendação de Produto 


35% da receita de grandes varejistas são procedentes de recomendações de produtos e mais de 70% das páginas iniciais de seus sites estão repletas com blocos de sugestões de produtos.
A tecnologia se tornou a norma no comércio eletrônico: a recomendação de produtos é gerada e adaptada para o comportamento e os interesses de cada comprador na loja. Ao sugerir produtos relevantes para o que os clientes procuram, essa estratégia não apenas evita que os clientes saiam de mãos vazias, mas também os motiva a adicionar mais itens ao carrinho, aumentando assim o valor médio do pedido da loja.
Você pode colocar recomendações relevantes sobre a categoria, produto, página do carrinho para continuar vendendo até que os clientes cheguem ao caixa.
Sugira mais itens após a finalização da compra para motivar as compras repetidas.

 

 3 Prova Social

Ao visitar seu site pela primeira vez, muitos compradores ficam inseguros.
Embora as compras online sejam corriqueiras, existem alguns riscos, pois os clientes não podem ver ou tocar nos produtos físicos antes de pagar. E se os produtos não forem como o que estão ilustrados no site e não funcionarem da maneira como são descritos?
A prova social pode fazer maravilhas por você. Ao mostrar aos clientes que muitas pessoas compraram e tiveram uma experiência positiva com sua loja, você pode construir confiança em sua marca e incentivar novos clientes a começarem a comprar de você.
Obtenha análises de produtos de compradores anteriores.
A quase totalidade dos visitantes dos e-commerces leem avaliações com muita frequência antes de comprar e ponderam entre avaliações positivas e negativas.
Obter análises criteriosas dos produtos é fundamental para convencer os clientes de que estão tomando a decisão de compra certa.

 

4 Influenciadores

Os influenciadores têm grande poder nas redes sociais. Quando falam positivamente sobre algo, isso pode se tornar uma tendência por seus seguidores. Você pode alcançar influenciadores sociais em seu nicho para que promovam seus produtos e direcionem visitantes para seu site. Você pode até mesmo fazer com que eles gerem vendas, desenvolvendo marketing de afiliados.

Você pode gerar um cupom de desconto de 10% através de compras direcionadas pelo  influenciador. As vendas feitas com este código seriam suas vendas de afiliados e ele poderia ganhar comissão por elas. Em vez de meramente promover uma marca, os influenciadores têm uma maior iniciativa para persuadir os seguidores a comprar por causa da comissão recebida.

 

5 Crie Senso de Urgência

As compras online são ideais para compras por impulso - muito comuns hoje em dia, devido à nossa cultura de consumo rápido de bens.
Produtos expostos no local certo, com as promoções certas, acionados no melhor momento, podem promover altamente a compra por impulso. Um dos fatores que mais impactam esse comportamento é a urgência.
Enquanto os clientes estão pensando em fazer uma compra, você pode mostrar uma oferta por tempo limitado (podem ser cupons, frete grátis, brindes) e adicionar um cronômetro de contagem regressiva para motivá-los a fechar o negócio.

 

6 Senso de Escassez

Outro recurso que você deve aplicar para promover o comportamento de compra por impulso é adicionar uma sensação de escassez.
Muitos compradores online abandonam o carrinho porque pensam que podem voltar e comprar a qualquer momento depois de comparar com outros varejistas. Eles agirão de forma diferente se forem informados de que seus itens favoritos logo estarão fora de estoque.
Defina um número de estoque menor do que a quantidade real, a fim de criar uma impressão de itens de alta demanda. Poste um banner, texto ou qualquer tipo de sinalização para impactar os clientes.

 

7 Programa de Fidelidade 

Uma vez que custa mais adquirir um novo cliente do que vender mais para um atual, é importante focar em reter os clientes existentes. Você pode organizar um programa de fidelidade para motivar os clientes a gastar mais ou fazer compras repetidas para ganhar pontos de recompensa.
Com um programa de fidelidade, você promove compras por impulso e eles viram clientes fiéis, pois eles estão mais motivados a comprar de você porque podem ganhar pontos para resgatar mais tarde.

 

8 Gamificação

A gamificação do comércio eletrônico não apenas torna o processo de compra online mais emocionante e interativo, mas também incorpora incentivos ocultos para que os clientes visitem a loja com mais frequência e gastem mais. A teoria subjacente é simples: é como um jogo, eles agem mais para desbloquear conquistas.
Aplique uma técnica de gamificação simples, mas matadora, para aumentar o valor médio do pedido: quando os clientes adicionarem um item ao carrinho, sugira um código de desconto de 15% que será recompensado se os clientes gastarem mais para atingir um valor mínimo do pedido de determinado valor.

 

9 Newsletters


O e-mail marketing é um dos canais de marketing com melhor custo-benefício no comércio eletrônico.
Foi-se o tempo dos e-mails promocionais em massa. As marcas agora executam automação de e-mail personalizada para acompanhar os clientes com base em seus comportamentos com conteúdo personalizado.
Por exemplo, os clientes que navegam, mas não compram nada, receberão e-mails de abandono de navegação lembrando dos itens que viram e opções semelhantes. Aqueles que abandonarem carrinhos receberão emails de recuperação de carrinhos que os direcionam de volta para terminar o carrinho. Os clientes que comprarem mais de 3 pedidos podem receber um e-mail de prêmio com cupom para a próxima compra.
Você pode manter contato com os clientes em vários pontos, desde que o conteúdo seja relevante e envolvente.

 

10 Responsividade

Não se esqueça de que o tráfego de comércio eletrônico vem cada vez mais do celular e já são a maioria das vendas online.
Você deve prestar atenção à otimização de sua web móvel.
Os usuários de celular rolam para cima e para baixo com tanta frequência para visualizar o conteúdo que podem perder onde está o botão de chamada para ação.
Adicione um botão Comprar na parte superior para que os clientes possam comprar a qualquer momento.
Os usuários de celular também têm o hábito comum de deslizar para a esquerda e para a direita para ver as imagens. Em vez de colocar as imagens dos produtos em ordem vertical, adicione uma galeria para que eles possam deslizar como no Instagram (lateralmente).c

 

Conclusão

Há uma infinidade de maneiras criativas de como aumentar as vendas online.
Você pode usar as dicas sugeridas para testar se funcionam para o seu negócio.
Aqui, estamos sugerindo estratégias aplicadas por muitas marcas grandes e pequenas e que, na verdade, trazem resultados comprovados.