Como Criar um Catálogo Virtual de Produtos de Sucesso

Se você vende on-line, oferecer um catálogo virtual para seus clientes é essencial. Dessa forma, com baixo investimento, você consegue promover seus produtos de uma forma muito mais inteligente. Visibilidade, disponibilidade e interação são apenas algumas das vantagens que esse tipo de serviço oferece.

Porém, como criar um catálogo virtual? Neste artigo a Mutu te explica todos os detalhes para fazer o seu e otimizar as vendas de seu comércio virtual!

Por que oferecer um catálogo virtual aos meus cliente?

Antes de pensar em desenvolver um catálogo virtual é preciso compreender qual a razão para fazê-lo. Nos dias de hoje, a compra on-line está cada vez mais difundida, seja pelo celular, computador ou mesmo tablet.

Uma das maiores vantagens do catálogo é alcançar todos esses consumidores, unindo os seus produtos em um só lugar. Além disso, você consegue mensurar seus resultados de maneira muito mais assertiva, entendendo quais são os produtos mais atrativos e quantas compras são provenientes da leitura do catálogo.

Outro grande benefício é a possibilidade de atualização constante dos produtos.

Criando meu próprio catálogo virtual

Para criar um catálogo virtual para sua marca, primeiro é preciso reunir todas as informações sobre os produtos que você comercializa. Dados como nome, código, funcionalidades, informações do fabricante, modo de uso (se aplicável), etc. Feito isso, é hora de fotografar tudo isso!

O ideal para quem quer boas imagens de produtos é utilizar um fundo infinito. Não se assuste, não é preciso contar com equipamentos profissionais para fazer isso, é possível conseguir essas imagens em sua própria casa!

O miniestúdio fotográfico, da Mutu, é uma boa pedida para atingir esse objetivo. Depois de ter reunido o conteúdo e conseguido todas as imagens, é hora de partir para a produção propriamente dita.

Existem duas maneiras diferentes de criar um catálogo virtual: criando seu próprio design ou utilizando uma ferramenta on-line para fazê-lo. Independentemente da escolha que fizer, é preciso que seu catálogo conte com algumas características:

  • seja responsivo;
  • esteja hospedado em um servidor estável;
  • esteja indexado aos mecanismos de busca, para fins de SEO.

As três especificações acima é o que vão garantir que os seus clientes te encontrem nos mecanismos de busca e também que tenham uma boa experiência como usuários.

Gostou dessas dicas? Confira muito mais no blog da Mutu!