9 Dicas Insuperáveis Para Fotografia de Alimentos

A comida é um elemento forte da identidade cultural das pessoas, desperta muito interesse e tem forte apelo.
Muitos consideram a fotografia de comida um clichê, mas isso não nos impede de mesmo assim fazer fotografias interessantes.
Faça suas fotos de comida se destacarem e fuja do convencional com estas dicas simples.


1. Fotografe alimentos enquanto estão frescos

Fotografar comida quente tem um limite de tempo.
Ajuste as configurações da câmera ou celular e certifique-se de que seus adereços ou elementos ao redor estão de acordo.
Imagine que você vai fotografar uma tigela de sopa quente.
Considere sua composição e pense na melhor forma de incorporar o vapor.
Um fundo branco ou janela brilhante pode fazer com que o vapor se misture. Se um fundo escuro não estiver disponível, use uma fonte de luz extra. Ou use um refletor para iluminar o vapor.
Neste caso, uma excelente solução é um estúdio fotográfico portátil, pois eles já vem com a iluminação ideal e diversas cores de fundos infinitos.
Uma das melhores técnicas de fotografia de comida é considerar o plano de fundo da sua cena. Isso é um pouco mais difícil de mudar em softwares de edição de fotos, como o Photoshop.
O fundo pode ser tão importante quanto o primeiro plano e deve estar de acordo com a aparência de comida que você deseja.


2. Perspectivas


A perspectiva pode ser um dos aspectos mais desafiadores da fotografia. Felizmente, a fotografia digital nos permite tirar fotos com poucas consequências.
A comida em si deve ser atraente. Uma toalha de mesa feia, talheres riscados e cores conflitantes podem arruinar sua fotografia, esteja atento a isso.
Evite incluir componentes desnecessários, tornando a comida o verdadeiro tema da imagem. E é uma oportunidade de capturar as texturas delicadas. Aproxime-se e capture fotos culinárias deslumbrantes.
Mostrar closes da comida de ângulos diferentes adiciona interesse. Quer você use luz artificial, luz de janela ou estúdio fotográfico portátil - contanto que você tenha a melhor luz, sua fotografia de alimentos será impactante.
Use seu celular para chegar mais perto e mostrar os detalhes.

 3. Composição

Sua audiência não poderá saborear a comida ou experimentar o ambiente que a cerca. Para compensar isso, você precisa capturar elementos na foto que definem a cena e expressam um sentimento.Transmitir esse humor ou sentimento é uma das melhores dicas para fotografia de alimentos.
Defina o tom com o uso de um fundo ou primeiro plano escuro e romântico. Ou você pode escolher uma cena que seja clara e arejada.
Use o ambiente ao seu redor para compor a foto. Isso inclui arte, iluminação criativa, móveis e utensílios interessantes.
Usar um cenário que se ajusta ao humor da sua comida é uma ótima dica de fotografia de comida. Tábuas de corte mostram um look rústico, luzes mostram algo um pouco mais romântico.

4. Contraste

Cores chamativas podem fazer uma fotografia impressionante. Isso não significa que não haja lugar para uma foto em preto e branco.
Considere sua composição e iluminação  para compensar quaisquer elementos ausentes na imagem.
As combinações de cores são capazes de aprimorar sua foto. Considere o contraste entre os diferentes componentes do prato, acompanhamentos e talheres.
Você pode usar iluminação artificial colorida e arte para adicionar um toque de cor ou fundos infinitos.
A fotografia de alimentos depende muito das cores.
Texturas e formas vêm depois.

5. Ângulos

Muitas fotos de comida são tiradas frequentemente da “visão do restaurante”. Esse ângulo funciona, porém as perspectivas criativas quase sempre são mais atraentes e interessantes.
Um ângulo clássico é a visão panorâmica, olhando diretamente de cima para baixo (flatlay). Embora atraente, tente não usar isso como uma visualização padrão pois este ângulo comprime a cena em duas dimensões e você pode perder o destaque de elementos notáveis do prato.
Abaixar-se no nível do prato permite destacar os aspectos dimensionais da refeição.
Este ângulo geralmente funciona melhor se você conseguir colocar a lente perto da comida ou se o fundo não estiver muito poluído.
Até mesmo mudar sua perspectiva é uma das melhores dicas que podemos oferecer para fotografia de alimentos. 

6. Simplicidade

Concentre-se no tema principal para uma aparência organizada:
Embora ser criativo possa elevar o nível da sua fotografia de comida, aventurar-se demais pode ter o efeito oposto.
Em diversos gêneros de fotografia, destacam-se imagens com composições simples e elementos delineados. Muitos componentes podem desviar a atenção do assunto principal e confundir a audiência.
Simplicidade significa que sua imagem está focada no assunto e transmite uma sensação de elegância e organização, saber quando parar de estilizar o seu prato é o desafio.

7. Adereços

Se usado com critério, incluir adereços em imagens de alimentos pode fazer maravilhas. Eles adicionam uma história, mostram etapas da preparação (potes, panelas, facas e outros itens usados) ou explicam a etnia ou região da comida.
Ingredientes crus são sempre uma boa opção para saber fotografar alimentos.
Os adereços não precisam estar na frente e no centro.
Carvões quentes deixados no churrasco? Posicione-os fora de foco e brilhando no fundo.
Sushi? Considere encontrar um arranjo atraente de pauzinhos, molho de soja, wasabi, uma garrafa de saquê ou um copo.

 

8. Tripé

O tripé não apenas permite que você obtenha as fotos mais nítidas, mas também ajuda a ajustar a sua composição.
Ele permite que você organize os elementos em sua cena sem ter que recompor a cena. Perfeito para fotografar alimentos.
Se você estiver sem um tripé, estabilize a câmera colocando-a em uma superfície firme e use o temporizador. Como alternativa, segure-a firmemente contra a parede.
Se sua única opção é o flash na câmera, uma das melhores dicas de fotografia de alimentos para difundi-lo é com um guardanapo de papel.
Se a iluminação ainda estiver forte, continue dobrando o guardanapo, tornando-o mais espesso para bloquear mais luz.
Isso pode fazer uma diferença maior do que você imagina.
Aqui, a velocidade do obturador não é importante. A abertura e o ISO devem ser seus principais pontos focais.

 

9.  Truques para manter os alimentos frescos por mais tempo

O tempo passa muito rápido quando você entra na zona fotográfica e durante esse tempo, a comida quente vai esfriar, o gelo vai derreter formando condensação no copo e as verduras vão murchar.
Se capturar o vapor que sai dessa sopa for fundamental, esteja preparado para reaquecê-la várias vezes. Esse esforço extra é o que separa os fotógrafos de comida dos fotógrafos amadores.
Se você está clicando uma salada e tem verduras como cor complementar, tenha uma tigela de água gelada pronta para mergulhá-los. Isso reverterá o murchamento e mantém as cores mais vibrantes.
Se o caso for carne ou peixe, depois de alguns minutos, eles começarão a secar e os sucos brilhantes se transformarão em um esmalte opaco que se torna aparente nas fotos.
Use um óleo de cozinha fino em um borrifador para fazer tudo brilhar.
Isso fará com que sua fotografia culinária se destaque.