7 Dicas Para Fazer Os Clientes Voltarem Ao Seu E-commerce

 

Você trabalhou muito para conquistar seus clientes, gastou muitos recursos no marketing de sua empresa, fazendo com que conhecessem sua marca e seu produto e fazendo com que as pessoas acessem seu site.
A questão é: como fazer com que elas comprem e voltem?

Após você botar em prática essas dicas, pode se preparar para transformar visitantes esporádicos em clientes fiéis.

 

1- Ofereça Gratificação Instantânea

A melhor maneira de trazer as pessoas de volta à sua loja online é incentivar as visitas delas e dar a elas uma gratificação instantânea.
Disponibilize um cupom de desconto na próxima compra dela, ou um “compre um e leve outro de graça” se eles retornarem, ou forneça algum tipo de assinatura onde eles recebem descontos progressivos cada vez que compram algo na loja.
O segredo é fazer com que os clientes se sintam recompensados ou que eles estão recebendo algo de valor sempre que acessam seu site.
Você não precisa necessariamente baixar muito os preços para atrair clientes.
Seja criativo com cupons e descontos - você pode optar por aplicar descontos apenas em produtos ou marcas específicas e fazer upsell de outros itens quando os clientes já estiverem no site.

2 - Presença Física

Descontos e pontos podem certamente dar às pessoas motivos para voltar, mas além de atraí-las com “coisas”, certifique-se de dar a elas ótimas experiências também. Uma das melhores maneiras de fazer isso é organizando eventos e marcando presença física quando e se possível.
Com isso, você fortalece o reconhecimento de sua marca.
Realize uma festa, um desfile de moda, uma noite de vinhos , uma exposição ou um happy hour em seu showroom.
Não tem certeza de quais tipos de experiências oferecer?
Como mencionamos anteriormente, a estratégia certa de experiência do cliente dependerá de seus produtos, de sua loja online (e física, se for o caso) e de seus clientes.

É essencial que você conheça todos os três como a palma da sua mão para que possa fazer as melhores ofertas possíveis.
Para lhe dar uma ideia melhor, aqui estão algumas das ações que fazem as pessoas lembrarem de seu negócio:

  • Elementos surpresa no seu e commerce (por exemplo, descobrir um produto diferenciado ou uma oferta incrível)

  • Atendimento ao cliente (por exemplo, ter associados experientes para explicar os produtos, responder com agilidade e eficácia as dúvidas nas redes sociais - mensagens diretas ou comentários)

  • Reinvenção constante (por exemplo, ir a uma loja e encontrar coisas ou experiências novas)

  • Comunidade (redes sociais, vídeo aulas e lives)

  • Costumização de produto (por exemplo, personalização de itens, construção de produtos ou compra de combos)

  • Serviços ( conselhos individualizados sobre o produto)

3 - Relacionamento

Fique no radar de seus clientes por meio de e-mails e lembretes ocasionais.
Se você souber a data de nascimento, por exemplo, envie uma saudação de aniversário (junto com uma oferta especial).
Atualize seu programa de fidelidade para que ele te ajude a manter contato com os clientes.
Não é suficiente apenas enviar aos clientes um cartão de recompensa. Você precisa ser mais pró-ativo ao lembrá-los de acumular pontos ou resgatar suas recompensas.

Apresente maneiras e ângulos diferentes para fazer com que seus membros ganhem e resgatem suas recompensas.
Envie alguns emails contendo ofertas como:

  • A recompensa começa nesta semana específica

  • Compre um, leve outro

  • Recompensas em dobro em quase todas as compras

  • Ofertas específicas    

É preciso muita criatividade e comprometimento para manter a audiência engajada.


4 - Faça O Comércio Eletrônico Trabalhar Para Você

Ter um site é um trabalho árduo, e ajuda muito pra quem também tem uma loja física.
Os clientes adoram poder ver as páginas de produtos on-line e depois entrar para experimentar os produtos nas lojas físicas.

Ofereça retiradas gratuitas na loja ou fábrica para seus clientes locais, pois isso impulsiona as visitas repetidas.
O serviço de retirada na loja leva as pessoas para a loja e elas geralmente acabam comprando mais.

5 - Conheça Seus Clientes 

Quais são os gostos e desgostos de seus clientes? O que eles têm a dizer sobre sua loja?
Encontre as respostas para essas perguntas e adapte a experiência de cada comprador com base em seus comentários e preferências.

Por exemplo, se você sabe que um determinado cliente  gosta quando você faz  embalagem reforçada da compra dele, faça isso em vez de esperar que o cliente peça. Ao fazer isso o cliente se sente mais valorizado - e esse é um motivo sólido para que ele volte.
Compreensivelmente, pode ser difícil manter o controle de cada comprador, especialmente se você tiver centenas ou milhares de clientes, e é por isso que vale a pena ter boas ferramentas de gerenciamento de clientes.
No entanto, você deve pelo menos saber quem são seus clientes regulares. Identifique seus maiores e mais frequentes compradores e, em seguida, estabeleça relacionamentos com eles.
Estudos mostram que clientes recorrentes são mais fáceis de vender e geralmente acabam gastando mais do que os novos. Claramente, seus clientes regulares são os melhores tipos de clientes, então é essencial que você os conheça e cuide deles.

6 - Mídias Sociais

As mídias sociais devem ser um grande impulsionador do tráfego para seu ecommerce.
Todo mundo usa a mídia social diariamente e tendo uma presença efetiva nessas plataformas garante que você seja visto por potenciais clientes.

Realize concursos com brindes e parcerias periodicamente para ganhar novos seguidores e alcançar mais pessoas organicamente.

7 - Responsabilidade Social

Abrace a responsabilidade social corporativa e retribua à comunidade.
Participe regularmente de iniciativas beneficentes em suas áreas.
Por exemplo: se você trabalha com vestuário, participe de desfiles de moda para as organizações sem fins lucrativos ou organize eventos com vendas beneficiando  a comunidade de sua região.
Os compradores, cada vez mais engajados, gostam de realmente estarem fazendo a diferença na sociedade em que vivem.
Com essa mentalidade não tão nova assim, os clientes estão dispostos a gastar mais dinheiro em marcas sustentáveis e com consciência social e apoiam negócios que demonstram cidadania corporativa.