Fotografia de Comida — Confira Como Torná-las Mais Atrativas

O boom da fotografia de comida é proveniente do Instagram. Não sei se você se lembra, mas nos primórdios dessa rede social elas eram o centro das atenções. Porém, é claro que a adoração por imagens gastronômicas não veio daí. O ser humano as aprecia desde o século XIX e sua história é paralela à história da própria fotografia.

Hoje, a diferença é que os usuários buscam imagens cada vez mais profissionalizadas, brilhantes, mas sempre com aquela cara de alimento apetitoso e comestível (ao contrário do que acontecia com as primeiras fotos de comida, já que se assemelhavam às pinturas de natureza morta).

Técnicas para fazer fotografia de comida com excelência

Quando você tem o objetivo de tirar fotografia de comida é preciso lembrar que existem algumas diferenças entre o que funciona para retratos, objetos, e para alimentos. Confira algumas dicas:

Iluminação

A iluminação é a alma da fotografia de comida. A luz natural é a que mais realça os ingredientes, mas também é possível utilizar a artificial.

Lembre-se de quem com a luz certa você consegue registrar elementos que fazem toda a diferença, como o vapor de um prato quente.

Explore novos ângulos

Quando fotografamos pessoas, objetos ou arquitetura, por exemplo, conhecemos os ângulos que funcionam e os que não funcionam.

Com comida, é preciso explorar e entender o que é melhor para cada um dos alimentos. Tudo dependerá da composição e da iluminação do local.

Invista em objetos diferentes

No dia a dia pode não fazer muita diferença, mas um garfo colorido, um prato mais elegante ou mesmo um copo de formato exótico podem dar um toque todo especial em sua fotografia.

Destaque os ingredientes

A finalização do prato, pequenos ingredientes podem fazer toda a diferença, como um cheiro verde delicadamente colocado por cima, parmesão ralado ou outros ingredientes crus para fazer parte da composição.

Bônus! Alguns truques diferentes para dar aquele up na foto

A verdade é que nem tudo que nós vemos nas belíssimas imagens de comida por aí é de verdade, principalmente em fotografias de campanhas publicitárias.

Confira alguns truques que temos certeza que você ainda não conhece:

  • graxa na carne — sabe aquela sensação apetitosa de uma carne suculenta e com cara de que acaba de sair da churrasqueira? É graxa marrom;
  • fake mel e maple syrup — o xarope de maple aparece frequentemente em propagandas de panquecas e o mel em campanhas sobre alimentação saudável, por exemplo. Porém, na verdade, eles são óleo de motor, mais viscoso, brilhoso e de menor absorção.

Gostou dessas dicas para fotografar alimentos? Para saber mais sobre técnicas de fotografia continue acompanhando o blog da Mutu!